5 erros para não cometer ao comprar roupas

Você já se arrependeu de comprar uma roupa? Com certeza a resposta deve ser sim. Todo mundo já se sentiu tentado a levar aquela peça que está super em alta e que todo mundo na rua está vestindo ou simplesmente porque achou certo look bonito na vitrine. 

Nessas pequenas compras que são feitas por impulso é onde moram os maiores erros da moda. Isso porque provavelmente essas peças não correspondem a uma necessidade real do seu cotidiano, não combinando assim com o seu guarda-roupa e por vezes nem mesmo caindo bem no seu corpo.

Para ser estiloso e realmente fazer seu investimento em roupas valer a pena é preciso além de fazer boas escolhas, também evitar cometer certos erros na hora das compras.

Existem muitas questões para você levar em consideração na hora de escolher roupas. Hoje, você irá ler 5 dicas necessárias e úteis para comprar menos e melhor.

Comprar por impulso

É difícil evitar o consumismo nos tempos atuais, onde sempre se tem uma peça em alta nas redes sociais e nas ruas, parecendo até que você estará fora de moda se não se encaixar nessas tendências . Além disso, é comum sair de casa para comprar um produto e acabar voltando com peças além da conta, simplesmente pelo impulso de achar que sempre algo está faltando.

Além dessa atitude ser péssima para o seu bolso, do mesmo modo ela irá atrapalhar toda a composição do seu estilo e de um guarda-roupa versátil e estiloso.

Isso porque essas peças compradas por impulso, provavelmente não serão selecionadas de acordo com uma visão inteligente das suas necessidades em relação a roupas e a funcionalidade delas no seu cotidiano.

Assim, futuramente quando você precisar trabalhar ou comparecer a um evento, terá a sensação de não ter roupas mesmo o guarda-roupa estando cheio.

Comprar uma numeração menor esperando emagrecer para usar

A moda é um meio de expressão onde cada um pode transmitir sua própria personalidade e até mesmo realçar uma imagem pessoal diferente. Você pode e deve mudar seu estilo para melhor, como também buscar mudar a relação que tem com seu corpo.

Porém, muitas pessoas erram ao querer se enquadrar em um tipo de corpo ou padrão que não é o seu no momento. Talvez você tenha metas de emagrecimento para o próximo ano e queira desde já comprar roupas que se encaixem no corpo que você está procurando ter.

Essa atitude tomada por muitas pessoas é um grande erro no momento das compras. Isso porque, por mais que elas tenham metas a serem alcançadas, ainda não é uma certeza se vão atingir esse corpo ou peso esperado.

Por outro lado, as exigências diárias como o trabalho, a faculdade e os momentos de lazer pedem roupas usuais e confortáveis todos os dias, não sendo uma boa ideia comprar algo que só servirá no futuro.

Assim, um grande passo para você dar em questão a estilo é conhecer e aceitar o corpo que você tem hoje, não compre números menores esperando emagrecer.

Na hora das compras a modelagem e o caimento da peça são pontos essenciais a serem levados em consideração, já que os mesmos são responsáveis por tornar um visual confortável e estiloso.

Comprar uma peça só porque está na moda

Qualquer acontecimento pode lançar uma tendência da moda, seja o aparecimento de uma nova celebridade, uma série na netflix ou simplesmente a intenção das marcas em impulsionar uma nova peça e modo de vestir.

Deste modo, as tendências são temporais e estão em constante mudança. Em poucos meses o que é considerado estiloso pode se tornar cafona e se você investir seu dinheiro em peças que não passam de momento, possivelmente verá ela estacionada no seu guarda-roupa por um longo tempo.

Outra questão é que nem sempre o que está na moda no momento se encaixa bem no seu estilo e características pessoais. Assim você acaba por adquirir peças que não irão gerar combinações interessantes e harmônicas com as outras roupas que já tem, além de não se sentir confortável em usá-la quando ninguém mais estiver usando.

Por isso, não cometa esse erro de comprar só porque a peça está aparecendo em todo lugar. Você pode sim adquirir uma nova tendência se achar interessante, mas antes visualize como ela se encaixa no resto do seu estilo e se será possível inseri-la no seu cotidiano a longo prazo.

Comprar várias peças de má qualidade em vez de poucas com qualidade

É muito comum encontrar lojas com preços super baixos, onde é vendida a ideia de que os consumidores poderão levar mais peças por menos, obtendo assim vantagem sobre outras marcas em que a pessoa pelo mesmo valor compraria apenas um produto.

Você já deve ter caído nessas propostas aparentemente vantajosas, para no final ficar decepcionado(a) com a qualidade do tecido e modelagem, por exemplo. Isso ocorre, porque para ter um preço tão abaixo da média essas roupas certamente não foram feitas com as melhores matérias-primas e processos de confecção.

Seu estilo e aparência no geral, dependem também da qualidade das roupas. Fatores como tecido, caimento, modelagem e designs são capazes de mudar totalmente o visual, além de que do que adianta comprar barato se a roupa não é resistente ao tempo de uso.

Desse jeito, tenha certeza de que é muito mais vantajoso investir um pouco mais de dinheiro em uma roupa de qualidade e bem feita, do que sair comprando várias roupas baratas só pela vontade de ter mais. No momento que você for fazer suas composições de looks, ter roupas estilosas e de qualidade farão toda a diferença no resultado final.

Comprar peças só para usar em uma ocasião

Em certas ocasiões como uma viagem, um aniversário ou um evento especial, é normal buscar estar bem vestido(a) e não querer repetir a mesma roupa de sempre. E não há problema nenhum em comprar uma nova peça para valorizar mais o visual e ficar mais elegante para a situação.

Porém, a questão é você comprar uma peça que só será útil para aquele momento em específico. Após o evento passar, provavelmente essa roupa ficará parada no guarda-roupa e você terá desperdiçado uma oportunidade de adquirir outra peça mais versátil e usual para outros acontecimentos que possam aparecer.

Se lembre que a composição do seu estilo precisa, entre tantas questões, que cada nova peça tenha sua funcionalidade, sendo prática para ser usada no dia a dia e ainda que combine facilmente com outras roupas que você já possui.

Assim, sempre compre pensando em quesitos de versatilidade, simplicidade e usabilidade da roupa para as exigências do dia a dia. Peças que são capazes de compor visuais elegantes para o trabalho, a faculdade e o lazer são ótimos investimentos, e em caso de peças que se adequem a apenas a uma ocasião como o lazer, que pelo menos ela sirva para vários ambientes.

Comprar melhor exige autoconhecimento e planejamento

Compor um guarda-roupa interessante e estiloso não é tão simples assim, é preciso investir em autoconhecimento para saber o que é bom ou não para seu visual. Por isso, entenda seu corpo, sua rotina e sua personalidade antes de fazer qualquer escolha.

Também não tenha preguiça e nem pressa para comprar novas roupas. Pelo contrário, se planeje bem buscando peças que facilitem a composição de looks no seu dia a dia e que sejam interessantes mesmo ao passar do tempo.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *