saiba se seu filho realmente precisa usar oculos

Sinais de que seu filho precisa de óculos

Os problemas de visão extremamente comuns e costumam dar seus primeiros sinais ainda durante a infância. Se você tem crianças em casa, saiba que muito importante estar sempre atento a isso para poder oferecer o apoio e o tratamento necessários.

Você sabe quais são os maiores sinais de que seu filho precisa de óculos? Preparamos este artigo especialmente para ajudar nos casos de dúvidas e suspeitas. Continue lendo e confira!

O cantinho da leitura pode ajudar

 

O cantinho da leitura pode ajudar

Caso a sua família não possua o hábito de ler  constantemente, pode ser que esses sinais surjam apenas quando a criança ingressar na escola. Mas se você estimula a alfabetização dentro de casa, já será possível notar alguns indícios de problemas na visão.

Os principais indícios que podem surgir em momentos como esses são:

  • Coçar os olhos frequentemente;
  • Apertar os olhos para ler e identificar letras.

A coceira nos olhos é um grande sinal de fadiga do sistema ocular e não pode ser ignorada. Para se certificar de que a probabilidade de um problema é realmente alta, você pode fazer um teste muito simples.

Escreva algumas letras e números avulsos em uma folha de papel e posicione o seu filho sentado numa cadeira. Depois disso, coloque a folha a alguns metros de distância – onde você consegue enxergar tranquilamente – e peca para ele identificar e pronunciar o nome de cada letra escrita.

Depois disso, aproxime o papel a uns 20 centímetros do seu filho e repita o processo. Você pode achar que enxergar de perto é muito simples, mas não deixe de realizar o teste, afinal existem alguns problemas de visão, como o astigmatismo, em que enxergar de perto também envolve dificuldades.

Alguns sintomas físicos

 

Sintomas para seu filho usar óculos

Os problemas no sistema ocular também são capazes de desencadear alguns sintomas bem desagradáveis no seu filho. O ponto positivo disso é que, através da observação atenta, é possível identificar o transtorno e buscar o tratamento adequado o quanto antes.

  •   Dor de cabeça

A dor de cabeça pode ser outro sinal claro de que o seu filho talvez esteja se esforçando além do normal para conseguir enxergar coisas. A região da testa costuma ser a mais afetada quando a visão está sobrecarregada.

  • Náuseas

As náuseas também podem surgir depois de a criança ter passado por um longo período de tensão ocular causada pelo constante esforço em enxergar ao tentar escrever, ler ou mesmo assistir a algum desenho animado na televisão.

  • Olhos lacrimejantes

Se você passar a notar que os olhos do seu filho começaram a lacrimejar com alguma constância, fique atento a mais algum indício, pois as chances de que ele esteja precisando usar óculos é bem grande.

Uma das maiores causas para o lacrimejamento pode ser algum ressecamento no sistema ocular. A fadiga desse sistema é outra possibilidade. De qualquer forma, é importante estar atento, pois o pequeno possivelmente necessitará de ajuda.

Observe seu filho sempre!

 

A melhor maneira de ajudar o seu filho é ficar atento a todos os possíveis sinais. Por isso, note se ele senta, frequentemente, muito perto da televisão. Isso  isso também pode ser um sinal de que ele encontra dificuldades em enxergar a alguma distância.

Reações de sensibilidade à luz também precisam de uma atenção especial. Observe se depois da exposição a criança aperta os olhos, apresenta lacrimejamento e dor de cabeça . Veja mais alguns indicativos:

  • Acompanhar a leitura com o dedo para não perder a linha em que estava.
  • Em algumas situações de exercício ocular, tapar um dos olhos com uma das mãos.
  • Andar com a cabeça sempre baixa. Crianças com estrabismo, por exemplo, costumam enxergar duplicado ao olhar para baixo, o que faz com que tenham medo de cair, passando a caminhar olhando para o chão.

procurar um especialista em visão

É importante saber que uma criança com problemas em seu sistema ocular pode vir a apresentar mais de um sinal dos que citamos acima. Ainda assim, nenhuma queixa e nenhum indício deve ser negligenciado mesmo que você consiga notar apenas um.

Na menor das dúvidas, procure um oftalmologista. Ele é um especialista no assunto e costuma dispor, no consultório, de aparelhos que o auxiliam na realização do exame físico para diagnosticar eventuais problemas.

Os problemas de visão, quando negligenciados e não notados pelos cuidadores, podem fazer com que a criança possa ter diversos prejuízos de aprendizado e de interação social, principalmente quando ela entra na escola. Daí a necessidade de tratamento o quanto antes.

A importância da prevenção

 

Ainda que você tenha consultado um especialista e saiba que seu pequeno não tem problemas de visão, é muito importante investir na segurança dele todo o tempo. Daí a importância de uso de óculos de proteção aos raios ultravioleta.

Em alguns casos, como os de problemas vindos da grande sensibilidade à exposição à luz solar, os óculos solares são indispensáveis. Pessoas com olhos claros costumam sofrer mais com este tipo de problema, mas, mesmo em casos nos quais não haja essa hipersensibilidade, o uso de óculos escuros é altamente recomentado para evitar danos e desgaste do sistema ocular.

Usar óculos escuros é uma medida de proteção, mas é importante que a armação e principalmente a lente sejam de qualidade. Uma exposição ao sol prolongada sem os óculos ou com óculos de má qualidade pode ocasionar sérios problemas à saúde dos olhos, como cataratas ou alterações na retina. Para evitar isso, procure uma marca que seja de confiança.

Agora você já conhece os principais sinais que podem indicar que o seu filho precisa usar óculos. Lembrando que, independentemente de a criança apresentar ou não problemas de visão, o uso dos óculos com proteção solar são essenciais.

Deixe seu comentário. Teremos imenso prazer em compartilhar este espaço com você!

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *